terça-feira, 14 de junho de 2011

Comportamento nas organizações

     Segundo Bergamini (1990) entre as variáveis que afetam o comportamento dos indivíduos na organização estão as individuais e ambientais. Nas variáveis individuais estão a infância, a adolescência e a fase adulta de cada um. Nas ambientais estão o grupo social, cultura, fatores do ambiente físico etc. As pessoas apresentam diferenças individuais no desempenho do trabalho por dois motivos principais. O primeiro é por cada um nascer diferente do outro e o segundo é por terem tido experiências de vida diferentes. E a personalidade do ser humano é resultante disto.Nós, humanos, somos seres constituídos de sentimentos e desejos. Esses fatores influenciam muito no comportamento que cada um de nós adotamos dentro de uma organização: Se estivermos felizes, trabalharemos felizes, realizaremos as atividades com prazer, com mais atenção, cuidado, produziremos mais, sem contar que contagiaremos o ambiente no qual estivermos inseridos; Se estivermos tristes e insatisfeitos, a tendência é cair o rendimento, a taxa de abstenção aumentar, reclamarmos o tempo inteiro, além de contaminarmos todo o ambiente de forma que deixemos todo o grupo doente. Você já presenciou situação parecida?! Acredito que sim. Atualmente, as organizações percebendo que valorizar capital humano é sinônimo de vida organizacional saudável, passaram então a investir pesado neste setor. Percebe-se hoje o cuidado de muitas empresas no bom trato para com os colaboradores e sempre disponibilizando melhores condições de trabalho para sua equipe. Não resta dúvida que esses incentivos refletem nos resultados organizacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário